blog-post


Crise para quem? Profissionais com inglês fluente tem mais chances de manter emprego

O momento econômico do Brasil, assim como de outros países do mundo, não está em seu momento mais favorável. A taxa de desemprego cresceu 7,6% apenas em janeiro de 2016 e continua subindo. Permanecer no mercado de trabalho se torna uma luta árdua de todos os dias.

De acordo com especialistas do setor, a tendência é que profissionais aceitem menores salários em outras áreas de atuação para se manter empregados. O índice de mudança de ramo cai consideravelmente quando falamos de pessoas com inglês fluente.

Em momentos de crise é preciso ter diferenciais que mantenham o profissional atuando em sua área. Saber se comunicar em um segundo idioma e poder manter contato com fornecedores e clientes de outras nacionalidades amplia o poder de atuação dos profissionais, tornando-os menos suscetíveis às variações do mercado.

Além disso, para quem está fora do mercado de trabalho, os Jogos Olímpicos 2016 são uma ótima oportunidade. Várias vagas foram abertas para diferentes setores na expectativa de atender bem a um público novo que não fala português. Há vagas para lojas, restaurantes, bares e até vendedores ambulantes com inglês fluente.

Falar inglês fluentemente é uma vantagem e tanto!