blog-post


Funcionários mais confiantes e competentes com inglês custeado pela empresa

Pessoas que falam inglês são normalmente mais confiantes, principalmente por terem uma vantagem competitiva frente a profissionais que não possuem outro idioma.

Há muito tempo os empregadores vem percebendo que funcionários competentes querem muito mais do que salário e os benefícios são ativo importante na hora de conquistar e reter talentos: além de seguros de saúde, vale-refeição, vale-combustível e outros, custear, parcial ou integralmente, cursos de idiomas para os funcionários é uma forma de mantê-los engajados com os propósitos da empresa, agregando valor ao resultado do seu trabalho.

Muitos cargos exigem que o funcionário tenha inglês fluente mesmo antes da contratação, mas algumas empresas estão fazendo o caminho oposto: oferecendo cursos de inglês para poder contar profissionais mais bem preparados e estimulados no dia a dia.

Profissionais que falam inglês são mais confiantes e tem uma melhor auto estima, o que reflete diretamente no resultado da entrega de seu trabalho, ou seja, um profissional mais confiante é também um profissional mais competente e valioso para a empresa.

Sendo uma decisão pessoal ou uma recomendação do cargo que se pretende assumir ou da empresa, falar inglês vai além dos benefícios monetários.